Cliof Oftalmologia e empresas parceiras promovem evento de combate ao glaucoma
29 de maio de 2019
Grupos Alegria e Autistas Catalão visitam Bombeiros
25 de junho de 2019

A ação contou com a participação de moradores, bombeiros, defesa civil e colaboradores do Grupo CMOC

A população de Ouvidor e Catalão (GO) participou de simulados de emergência promovidos pela Defesa Civil, Corpo de Bombeiros do Estado de Goiás e CMOC Brasil, nos dias 10 e 11 de junho. Os exercícios integram o Plano de Ação de Emergência em Barragens de Mineração (PAEBM) com o objetivo de testar recursos, rotas de fuga e pontos de encontro da Zona de Autossalvamento (ZAS), na hipótese de situações emergenciais de barragem, bem como o tempo de resposta da população presente nestas áreas.

O simulado da barragem do Buraco – que recebe rejeitos da Copebras Ouvidor-mobilizou o maior número de pessoas da comunidade. Foram cerca de 250 participantes, entre autoridades, órgãos de fiscalização e defesa e moradores de áreas próximas aos 14 pontos de encontro localizados ao longo de 10 KM de ZAS. “As simulações ocorreram de forma segura e coordenada e consideramos o tempo de resposta satisfatório, entre o acionamento das sirenes de emergência e a chegada da população aos pontos de encontro”, informa Warley Martins de Sousa, da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros de Catalão. 

Já a simulação nas Barragens 1A, 2A, 1B e 2B – que recebem rejeitos da Niobras Ouvidor – teve foco nas operações, envolvendo cerca de 500 pessoas entre empregados da companhia e da empresa vizinha Mosaic Fertililizantes. O exercício atendeu o tempo de resposta e os dois simulados visaram o atendimento à Política Nacional de Segurança de Barragens e à Política Nacional de Proteção e Defesa Civil, além de integrar o Plano de Auxílio Mútuo de Barragens de Mineração (PAM) dos Municípios de Catalão e Ouvidor (GO). 

“Além de atender a exigências legais, os exercícios de simulação atestam a integridade dos empreendimentos e a eficácia dos planos de contingência. Eles estão alinhados com uma política de crescimento sustentável, baseada em diálogo permanente com a comunidade, uso de tecnologia de ponta e monitoramento intenso, de forma a garantir a segurança das barragens e a integridade dos empregados e das comunidades. E é isso essencialmente que assegura a vitalidade do nosso negócio”, destaca o Diretor de Relações Institucionais da CMOC Brasil, Eduardo Lima.

A preocupação com excelência e segurança se traduz bem no cotidiano das operações. “Na barragem do Buraco, por exemplo, diariamente técnicos e engenheiros inspecionam visualmente a estrutura e analisam em tempo real os dados apurados pelos 36 instrumentos de monitoramento posicionados ao longo da estrutura. Além disso, a barragem também passa por periódicas inspeções e consultorias externas”, informa o diretor Técnico e de Projetos da CMOC Brasil, José André de Castro Alves.

Sobre a CMOC 

A CMOC Brasil é uma subsidiária da CMOC, companhia global com um diversificado portfólio de ativos, incluindo operações na China, Austrália e República Democrática do Congo. Atua no País com mineração e beneficiamento de nióbio e fosfatos, nas cidades de Catalão e Ouvidor (GO) e Cubatão (SP), por meio de suas empresas Niobras e Copebras. No Brasil, gera mais de 4 mil empregos diretos e indiretos, em suas três plantas industriais e duas minas.

A Revista Portal VIP esteve no segundo dia de treinamento e presenciou os testes sonoros. Abaixo você confere alguns registros: